Apligraf
CADASTRO GRATUITO | ESQUECEU SUA SENHA? |  ASSINATURAS |  LOJA VIRTUAL |  FALE CONOSCO |  MAPA DO SITE
IBOVESPA   85044   -0.50%   25/04 DOLAR JUN 17   3244.00   -0.73%   31/05 DÓLAR COM.   R$ 3.104   -0.51%   06/09 INDICE JUN 17   61585.00   0.00%   12/06 CDI CETIP   6.39%      22/03
  14250   -0.47%   25/04 DOW JONES   21409.07   0.00%   12/07 EURO   US$ 1.162   +0.08%   01/11 DI JAN 17   13.70   -99.98%   10/11 OURO 250G   R$ 149.20   0.00%   25/04
Cotações e Gráficos > opiniões de analistas > Jayme Ghitnick

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 25/04/2018

Os juros voltam a subir, ultrapassando níveis simbólicos (10 anos: 3% a.a.) e
fazem o dólar disparar entre as moedas, enquanto cedem as cotações do ouro, do
petróleo e das ações: no Japão o Nikkei225 perdeu 0,28%, na Europa, o Stoxx50
recua 1,27% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,52%, até agora. Por
aqui, o mercado teve ligeira baixa, com volume abaixo da média de março. A
posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar pulou de
187 mil para 238 mil contratos. A posição vendedora dos investidores
estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 43 mil para 39 mil contratos. No
pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 0,88%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 25/04/2018

Os juros voltam a subir, ultrapassando níveis simbólicos (10 anos: 3% a.a.) e
fazem o dólar disparar entre as moedas, enquanto cedem as cotações do ouro, do
petróleo e das ações: no Japão o Nikkei225 perdeu 0,28%, na Europa, o Stoxx50
recua 1,27% e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,52%, até agora. Por
aqui, o mercado teve ligeira baixa, com volume abaixo da média de março. A
posição compradora dos investidores não residentes no futuro do dólar pulou de
187 mil para 238 mil contratos. A posição vendedora dos investidores
estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 43 mil para 39 mil contratos. No
pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 0,88%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 24/04/2018

Os juros cedem um pouco, mas o dólar segue firme entre as moedas, enquanto que o
petróleo repica levemente e as Bolsas tentam se firmar: no Japão o Nikkei225
ganhou 0,86%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,01% e nos Estados Unidos, o futuro
do S&P500 sobe 0,57%, até agora. Por aqui, o mercado seguiu de lado, com volume
bem abaixo da média de março. A posição compradora dos investidores não
residentes no futuro do dólar passou de 182 mil para 187 mil contratos. A
posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de
50 mil para 43 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de
0,55%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 24/04/2018

Os juros cedem um pouco, mas o dólar segue firme entre as moedas, enquanto que o
petróleo repica levemente e as Bolsas tentam se firmar: no Japão o Nikkei225
ganhou 0,86%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,01% e nos Estados Unidos, o futuro
do S&P500 sobe 0,57%, até agora. Por aqui, o mercado seguiu de lado, com volume
bem abaixo da média de março. A posição compradora dos investidores não
residentes no futuro do dólar passou de 182 mil para 187 mil contratos. A
posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de
50 mil para 43 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de
0,55%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 23/04/2018

A semana começa com novo pico na alta dos juros (10 anos: 2,98% a.a. vs 2,75%
a.a. no começo do mês), por conta de temores quanto à inflação, puxando alta do
dólar entre as moedas e baixa no ouro e no petróleo; as Bolsas seguem
cautelosas: no Japão o Nikkei225 perdeu 0,33%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,03%
e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,02%, até agora. Por aqui, o
mercado esteve de lado na sexta-feira,fechando com leve alta e volume bem abaixo
da média de março. A posição compradora dos investidores não residentes no
futuro do dólar passou de 170 mil para 182 mil contratos. A posição vendedora
dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 48 mil para 50 mil
contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 0,25%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 23/04/2018

A semana começa com novo pico na alta dos juros (10 anos: 2,98% a.a. vs 2,75%
a.a. no começo do mês), por conta de temores quanto à inflação, puxando alta do
dólar entre as moedas e baixa no ouro e no petróleo; as Bolsas seguem
cautelosas: no Japão o Nikkei225 perdeu 0,33%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,03%
e nos Estados Unidos, o futuro do S&P500 cai 0,02%, até agora. Por aqui, o
mercado esteve de lado na sexta-feira,fechando com leve alta e volume bem abaixo
da média de março. A posição compradora dos investidores não residentes no
futuro do dólar passou de 170 mil para 182 mil contratos. A posição vendedora
dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de 48 mil para 50 mil
contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de 0,25%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 20/04/2018

Os juros seguem subindo, fazendo o dólar ganhar vs o euro; por outro lado, ouro
e petróleo cedem um pouco e as Bolsas estão cautelosas: no Japão o Nikkei225
perdeu 0,13%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,35% e nos Estados Unidos, o futuro
do S&P500 sobe 0,03%, até agora. Por aqui, o mercado teve mínima alta, com
volume em torno da média de março. A posição compradora dos investidores não
residentes no futuro do dólar passou de 148 mil para 170 mil contratos. A
posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de
50 mil para 48 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de
0,29%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 20/04/2018

Os juros seguem subindo, fazendo o dólar ganhar vs o euro; por outro lado, ouro
e petróleo cedem um pouco e as Bolsas estão cautelosas: no Japão o Nikkei225
perdeu 0,13%, na Europa, o Stoxx50 avança 0,35% e nos Estados Unidos, o futuro
do S&P500 sobe 0,03%, até agora. Por aqui, o mercado teve mínima alta, com
volume em torno da média de março. A posição compradora dos investidores não
residentes no futuro do dólar passou de 148 mil para 170 mil contratos. A
posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de
50 mil para 48 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em baixa de
0,29%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 19/04/2018

As sanções contra a Rússia e novo aquecimento da economia chinesa estão puxando
alguma corrida às commodities, como o cobre e o petróleo; dólar perde uma fração
para o euro, os juros sobem um pouco e as Bolsas seguem calmas: no Japão o
Nikkei225 ganhou 0,15%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,07% e nos Estados Unidos, o
futuro do S&P500 sobe 0,12%, até agora. Por aqui, o mercado teve novo repique
forte, com volume bem acima da média de março (exercícios de opções e futuro
sobre o índice: R$ 5,548 BB). A posição compradora dos investidores não
residentes no futuro do dólar passou de 139 mil para 148 mil contratos. A
posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de
30 mil para 50 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de
0,37%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018

COMENTÁRIO DE ABERTURA EM 19/04/2018

As sanções contra a Rússia e novo aquecimento da economia chinesa estão puxando
alguma corrida às commodities, como o cobre e o petróleo; dólar perde uma fração
para o euro, os juros sobem um pouco e as Bolsas seguem calmas: no Japão o
Nikkei225 ganhou 0,15%, na Europa, o Stoxx50 recua 0,07% e nos Estados Unidos, o
futuro do S&P500 sobe 0,12%, até agora. Por aqui, o mercado teve novo repique
forte, com volume bem acima da média de março (exercícios de opções e futuro
sobre o índice: R$ 5,548 BB). A posição compradora dos investidores não
residentes no futuro do dólar passou de 139 mil para 148 mil contratos. A
posição vendedora dos investidores estrangeiros no futuro do Ibovespa passou de
30 mil para 50 mil contratos. No pré pregão, o futuro Junho opera em alta de
0,37%.

Jayme Ghitnick
Qualidade na Análise Técnica
Analista de Valores APIMEC/CVM
Administrador de Carteiras CVM 7143/2003
http://www.jaymeghitnick.com
http://ghitnick.com

(C) APLIGRAF 1988-2018


Declaração do Analista de Investimentos ou de Valores Mobiliários

De acordo com a Instrução CVM nº 483, de 6 de julho de 2010, Artigo 17º, o analista de investimento, ou de valores mobiliários, envolvido na elaboração deste relatório declara que as recomendações contidas neste refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Corretoras, à Bancos de Investimentos ou demais empresas.


Sobre os relatórios e análises publicados neste site

Os relatórios e análises são distribuídos somente com o objetivo de prover informações e não representam uma oferta de compra e venda ou solicitação de compra e venda de qualquer instrumento financeiro. As informações contidas nestes relatórios e análises são consideradas confiáveis na data que foram publicadas. Entretanto, as informações aqui contidas não representam garantia de exatidão das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas, e não devem ser consideradas como tal. As opiniões contidas nestes relatório e análises são baseadas em julgamento e estimativas e são, portanto, sujeitas a mudanças.

O analista de investimento que preparou os relatórios e análises certifica que as opiniões contidas nestes refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

O analista de investimentos não detem, direta ou indiretamente, ações e/ou outros valores mobiliários de emissão das companhias objeto de seus relatórios e análises e não exerce quaisquer funções nas referidas companhias. A remuneração fixa e eventual remuneração(ões) variável(is) percebida(s) pelo analista de investimento não estão atreladas à precificação dos valores mobiliários emitidos pelas companhias objeto de análise nestes relatórios e análises. A remuneração variável, eventualmente recebida, está condicionada ao cumprimento de premissas qualitativas e quantitativas estabelecidas pela Apligraf.

Entretanto, o analista de investimento certifica que não participa de quaisquer transações de investment banking das companhias analisadas neste relatório e que sua remuneração não foi ou não será diretamente ou indiretamente relacionada a alguma recomendação ou opinião contida nestes relatórios e análises.

Nenhum diretor, empregado ou representante da Apligraf e/ou de suas afiliadas exerce cargo de diretor, conselheiro de administração ou fiscal das companhias cujos valores mobiliários são alvo de análise nestes relatórios e análises.

A Apligraf e/ou suas afiliadas não são titulares de 1% (um por cento) ou mais de ações ordinárias ou do capital social total das companhias cujos valores mobiliários são alvo de análise nestes relatórios e análises.

VALE5+1.55%33.3624/11
TBLE3+0.61%41.3920/07
BRKM50.00%45.2325/04
CRUZ3-0.04%27.5930/11
BVMF3-2.12%25.4323/03
CTIP3-99.93%43.5010/11